Visão – Talento de Ike

Falaremos sobre o Talento Visão do Princípio Ike, que não é a visão fisiológica captada pelo sentido sensorial.

O Principio Ike – “o mundo é o que você pensa que ele é” tem como Desafio a Ignorância, falta de visão interior, ou uma visão interior superficial. É o resultado de um Ike primitivo de um sonho básico de vida com pouco desenvolvimento e crescimento.

O Princípio em si é um arquétipo e como tal é imutável. Ele traz a essência em si mesmo e, só pode ser por nós percebidos por meio dos símbolos. Suas manifestações se dão por intermédio de seu Talento ou Atributo.

A dinâmica que impulsiona a alma, (Talento Visão) está subordinada a um desenvolvimento e crescimento espiritual que é o resultado das reformulações de memórias adquiridas nas experiências cotidianas, responsáveis pelas memórias aprendidas ou experienciais, formadoras do Desafio Apego.

A Visão interior guia o indivíduo para as experiências pelo potencial genético do sonho básico de vida com as ações físicas, mentais e espirituais ao formar as memórias aprendidas, produtos do ike de cada ação no aqui/agora.

Ao trabalhar o Desafio Ignorância, as vivências aos poucos dão forma e sentido às experiências e o Talento Visão dinamicamente orienta o desenvolvimento e crescimento espiritual, razão de cada reencarnação.

É pelo Talento Visão que trabalhamos os Desafios dos quatro primeiros Princípios do Xamanismo Havaiano, na busca do crescimento espiritual, desde a primeira ação até a última com a morte do corpo físico. Ao nos livrarmos do Desafio Procrastinação do quarto Princípio estaremos livres do ciclo de vida e morte, fruto das reencarnações.

É o início de uma nova era, possivelmente na busca de uma das várias moradas da casa do Pai, segundo ensinamentos de Jesus.

O uhane só adquire qualidade de decisão quando com a imaginação e ideação forma pensamentos que se transformam em ações físicas ou mentais. Com a Visão sem esclarecimento espiritual interior, as ações são inadequadas e as memórias de pouco proveito para o desenvolvimento e crescimento.

Ao tornar dinâmica a Visão enfrentaremos inicialmente os Desafios, até que essa dinâmica se modifique, clareie e direcione o ser para intenções e atitudes de um progressivo crescimento espiritual.

A Visão atua em vários níveis de acordo com sua função dinâmica, o que proporciona as vivências desde as do cotidiano, até as científicas que geram o conhecimento e a Visão mais clara que leva ao crescimento espiritual.

Essa função dinâmica desperta a pessoa para entender e depois compreender outras linguagens com o poder de atingir os três últimos Princípios e chegar ao que finalmente buscou: A compreensão de si mesmo, do próximo, a harmonia com a natureza; é o encontro do caminho místico que conduz ao Aumakua, com a visão divina, interiormente despertada pela evolução espiritual.

Sebastião de Melo