A Natureza da Realidade Segundo Seth (parte 1)

Se você quer interagir com seus sonhos e lembrar-se deles, faça autossugestões todas as noites até obter respostas. Observe as crenças que estão dificultando, como: “tenho medo dos meus sonhos, eles são sempre desagradáveis” ou “quero lembrar dos sonhos, mas não entendo o que significam”.

Como sua realidade é colorida por suas crenças, você acaba colocando fechaduras em seu “interior”, adulterando propositalmente sua experiência e reforçando crenças nos aspectos negativos do seu SER.

Então, examine as áreas de sua vida com que está “satisfeito” e em que se saiu “muito bem”. Veja como você reforçou essas crenças pessoalmente, tanto no nível emocional, como imaginativo e trouxe para a realidade física; perceba que o resultado apareceu natural e automaticamente.

Considere esses sentimentos de “realização” e compreenda que pode usá-los em outras áreas de sua vida.

Faça o exercício:

– PARO AGORA DE: …

Pare de acreditar que seu eu inconsciente é uma masmorra de emoções reprimidas.

Afinal, suas velhas crenças serviram a um propósito que agora não servem mais. Lembre e reforce que o inconsciente tem grande INTUIÇÃO, CONHECIMENTO e RESPOSTAS a todas as perguntas.

Exercício:

Preste atenção à sua própria conversa ao falar com amigos e à conversa deles.

Veja como reforçam as crenças uns dos outros. Você verá isso muito claro.

As ideias não só mudam constantemente no mundo, mas constroem-no constantemente. O eu interior produz resultados desejados pela mente consciente, não deixa pontas soltas, nem isola das fontes do seu próprio SER. Tudo é feito da mesma energia, da mesma vitalidade e revitalizado pelas fontes profundas da criatividade, das quais todos os seres emergem. Assim, você forma a realidade e sua produção mais íntima é o corpo físico. Suas crenças sobre ele alimentam constantemente dados interiores. Você organiza, em um nível inconsciente, os átomos e moléculas que compõem suas células, para formar seu corpo. O projeto, contudo, é feito pelas crenças conscientes.

Para mudar seu corpo você muda sua crença, mesmo em face de dados físicos ou evidências conflitantes.