13 Sintomas Que Mostram Se Sua Consciência Está Em Expansão

Você perceberá que a sua consciência está realmente expandindo, logo saindo do módulo linear-cartesiano para o módulo quântico…

  1. Quando se responsabiliza mas não se culpa.
    Você é a causa de Tudo mas não tem culpa de nada (deixe a culpa nas instituições religiosas).
  2. Quando se frustra mas se responsabiliza.
    O outro nunca deve ser responsabilizado pelas suas frustrações.
  3. Quando se responsabiliza com totalidade.
    Você é 100% responsável por tudo que está vivendo ou pela realidade que está existindo.
  4. Quando não mais se vitimiza.
    Ninguém faz nada com você, é você que faz a si mesmo. Portanto, ninguém te magoa, é você que se deixa magoar; ninguém te machuca, é você que é machucável; ninguém te ofende, é você que se permite ficar ofendido, e assim por diante.
  5. Quando cessam as expectativas sobre os outros.
    O outro não reencarna para te agradar ou fazer o que quer ou espera para você ficar bem.
  6. Quando preenche a si mesmo.
    Você deve suprir as suas próprias necessidades emocionais e não projetá-las no outro em forma de carência. Pois carência é a necessidade de se dar e não de receber.
  7. Quando reconhece o poder da solitude.
    Se sentir só, é a falta em si da sua própria presença e não de humanidade (pessoas ao seu redor).
  8. Quando resgata o poder próprio.
    Nada tem Poder sobre você a menos que você dê o seu poder, pois você é o único Poder.
  9. Quando percebe que Deus está disseminado em tudo, inclusive dentro de você mesmo.
    Nada está acima de você, nem mesmo “Deus”, pois até mesmo “Deus”, o vácuo-quântico, está dentro da sua própria “carne”.
  10. Quando nos aceitamos na igualdade e imperfeição.
    Você, o outro, ninguém é melhor ou pior, mais ou menos, todos são o que podem ser.
  11. Quando nada compromete a liberdade.
    Sempre a melhor escolha é aquela em prol da sua liberdade.
  12. Quando nos conscientizamos da imensidão viva do universo.
    Você não começa e nem termina em sua pele.
  13. Quando sabe que se transcende a tudo e a todos.
    Você está aqui para se libertar de absolutamente tudo, inclusive de si mesmo, para que então possa amar tudo e ao próximo como a ti mesmo.

Autor: Horácio R. L. Frazão