A Lembrança de Nossa Origem Estelar

Quanto a estrela de Sirius e o Sol nascem juntos, o Sol se Mescla com a estrela para criar uma “nova frequência”. Essa então é assimilada pela Terra e é percebida como uma fase inicial ou um “Ano Novo”, com a culminância em primeiro de janeiro, época em que muitas pessoas da Terra dão boas-vindas ao Ano Novo.

Assim é mantida uma conexão inconsciente com a energia do Sol e Sirius, interagindo com a Terra, mantendo os seres humanos ligados à sua origem estelar.

A cada ano novo temos a oportunidade de nos tornarmos mais conscientes, perceptivos e intuitivos.

Ao entrarmos conscientemente em sintonia com as frequências de um ano novo, conseguimos ativar o potencial humano latente e despertar para quem nós realmente somos e para o que estamos aqui e agora.

À medida que esta consciência torna possível a chave do DNA da espécie humana, adquirimos então a permissão da “Alma”, ou “Semente Estelar” individual, de acessar e lembrar nossa linhagem e genealogia estelar.

Todos os seres humanos vieram de descendentes das estrelas. A forma humana como conhecemos, veio trazida à Terra do pó das estrelas.

Todos os anos, de 29 de janeiro a 14 de fevereiro, quando nosso Sol está alinhado com as estrelas da constelação de Delphinos (golfinhos), nossos guias nos intuem para a busca de nossas origens como seres humanos e mais além, em outro nível de SER.

Então podemos trabalhar de forma apropriada com nossos corpos, como sementes estelares. Nossas vidas estelares passadas podem ser vistas como aspectos de nós, vivendo numa dimensão diferente.

É necessário trabalhar consciente e corretamente, para tornar possível a integração consciente do aspecto de nós mesmos, vivendo nessa época e nesse corpo, e nossos seres estelares.

Isso é bem concebível pela consciência humana na terra, na forma de extraterrestres, Mestres do plano interior ou Seres de Luz.

É importante reconhecer que tudo faz parte de uma mesma “unidade”, essa percepção auxiliará na integração dos aspectos de nós mesmos, que nos capacitam a “despertar” para a consciência da “Estrela da Alma” que nos anima.

Agora é hora de recordar a nossa “Eternidade”.

Macro-salvação: 319817318

Limpeza global através dos portais do universo: 91981371

Auto-cura da Alma: 8827465