Estejais em Paz

Portanto, “estejais em paz” e “deixai os mortos enterrarem seus mortos”.

Trabalho, responsabilidade e obrigação, sem consciência de si mesmo, é morte.

O que acontece é que fazemos uma idéia de que não sobrevivemos se não nos escravizarmos, porém, dizia o mestre: Olhai os lírios do campo e as aves no céu.

Não precisamos fugir das nossas obrigações, mas também não há necessidade de nos enterrarmos estritamente nelas.

A importância do que os outros acham de nós é alimentada pela idéia desimportante que fazemos de nós mesmos. Um complexo de inferioridade congênito nos faz submissos. Raros não têm isso.

Quem não acredita em sua luz interior acaba acreditando apenas na luz dos outros.

Quem não tem noção da realidade infinita de si mesmo acaba tendo convicção da superioridade alheia.

Quem disse que Deus está menos em você?

http://www.facebook.com/13riva