Falando de Cura

A cura completa se se dá nos quatro corpos básicos: o físico, o mental, o emocional e o espiritual (consciencial).

O físico, o mais denso é o repositório dos demais, tudo é descarregado nele.

Assim, a Terra é o primeiro dos elementos e está ligada ao físico: “viemos do pó das estrelas e para ele volta o físico e o espírito para a luz que o concebeu.”

Aqui viemos para realizar o “conhecimento”, que outra missão poderia ser, senão o conhecimento? E isso nos vincula ao primeiro caminho do Yoga, a Gnani Yoga, “o caminho do conhecimento.”

A cura do corpo físico está no corpo “mental”, representado pelo AR, onde residem nossas “encucações”, as preocupações, os pensamentos acumulados negativamente, na Huna, o saco preto do eu básico.

A mente treinada pode modificar, curar ou pelo lado negativo, manter o corpo doente.

Certamente você já conhece o efeito das palavras quando o médico ou curador diz: “você vai ficar bom”.

Cada célula do corpo é uma inteligência viva do grande universo, entendem a mensagem e influenciam a si mesmas.

Mas como diz o ditado: “mente não cura mente”, entra aí a “vontade”, que é o segundo caminho do Yoga, o Raja Yoga ou Caminho Real, trabalhando com o relaxamento mental, com a condução dos músculos para o condicionamento do corpo físico e isto é ciência.

Vivemos numa teia, o mundo dos relacionamentos e a cura dos relacionamentos está no corpo emocional, onde nossos medos e desejos residem, onde nossas frustrações se acumulam.

Muitos doentes se acumulam nos hospitais, vítimas de suas próprias emoções: gripados, alérgicos, cancerosos e tantos outros que, pelo descontrole emocional, abrem portas para que os vírus e bactérias penetrem e degradem o organismo.

Uma pessoa alegre, bem humorada, relaxada é muito mais resistente a doenças. O estressado é mais suscetível.

O corpo emocional está ligado à intuição, enquanto a mente é analítica e racional, funções estas, fisicamente localizadas no Hemisfério esquerdo do cérebro. A intuição é integradora e ligada ao hemisfério direito.

Desenvolver a intuição abre o caminho da “ação”, o Karma Yoga, o Yoga da Ação, boas imagens, boa música, mandalas, promovem a cura do corpo psíquico.

A realidade revelado por Eistein de que somos energia, leva a compreender que a cura para todos os corpos e principalmente para o psíquico, tem seu caminho na “devoção”, caminho da Bakti Yoga.