O Amor e a Vida

Apenas conseguimos doar aquilo que acreditamos ter.
Apenas conseguimos amar aquilo que conhecemos.
Da curiosidade faz-se a busca,
Da busca navega-se rumo ao despertar.
Despertando, optamos.
Optamos por aquilo que nos move,
Por aquilo que nos dá prazer, pelo que mais amamos.
Da delícia da curiosidade, da angústia na busca,
da glória de “sonhar”, se faz o “sonho”.
E, do amor à vida, sementes germinam
fazendo o caminho infinito, onde a sede não cessa.
Porque a inconstância da mente humana
e a grandeza do nosso coração
nos fazem cada vez mais sedentos,
mais semeadores e mais aprendizes,
Nutridos pelo amor que nos faz viver,
O mesmo amor que sustenta a Teia.

Veranópolis, setembro de 2012

Solange Dal Pizzol De Toni

O Conhecimento dos Segredos da Vida