Associação de Estudos Huna

Posts by Heloisa Emer

Artigos

Energias Entrantes: Ondas de Plasma

Essas ondas dissipam distorções do passado e abrem para novas experiências de consciência da UNIDADE.

NÓS TODOS SOMOS UM.

Proporciona maior percepção do corpo e auto regulação. Saber como alinhá-lo para o manter em sintonia com a natureza e com seu propósito nesse plano.

Mantenha o EQUILÍBRIO E CALMA e se resguarde das tempestades coletivas, elas fazem parte da transformação.

Os locais sagrados da terra, os vórtices de Gaia, estão sendo reativados. Eles estão ligados à rede cristalina da NOVA TERRA.

O núcleo de mudança magnética de Gaia está sendo percebido, os portais ativados nos conectam com níveis mais elevados. Por isso use muito a ponte de ARCO-ÍRIS e o perceba como uma dispensação de Luz para Gaia.

O DNA da trindade está sendo ativado coletivamente, mantenha seu potencial de Luz, Lucidez, clareza, elevados.

Os elementais nos orientam intuitivamente onde existe maior dispensação de energia. Siga o impulso de ir para junto da natureza, florestas, rios e mar.

A “ÁGUA” é a maneira mais sensível e fácil de fortalecer códigos de “cura”, como a ciência já comprovou, a água é suscetível a pensamentos e emoções. Beba muita água, ela em conjunto com o DNA ativa as glândulas Pineal, Pituitária e Timo, para nos alinhar com os portais estelares.

Lembre-se também que “chorar” é um processo de limpeza. Se você tiver vontade de chorar sem causa aparente, chore. Um bom choro traz alívio.

Assim também, sentimento de alegria expontâneo é uma comemoração, para uma passagem ou nível maior de consciência.

Busque manter a harmonia da sua trindade, sinta-se fundido com o EU SUPERIOR, num sentimento de profunda gratidão e estado de GRAÇA.

E APROVEITE ESSES MOMENTOS ESPECIAIS DE INTEGRIDADE PARA IRRADIAR PAZ E LUZ AO MUNDO.

Artigos

Somos o que Pensamos

Somos de vidro, também de pedra, água e areia…

Viajantes do tempo. O remetente e o destinatário.

Tudo que jogamos contra o vento vem ao nosso encontro. Somos o próprio reflexo que vemos no espelho e além dele. Somos a vida e a morte. O tudo e também o nada. Somos idealizadores. Sonhadores. Propagadores. Feitos de inocência num mundo de regras. Maldosos ou bondosos – no tempo exato…

Ora oferecemos riscos, ora somos a mais perfeita das ternuras. O ponto de encontro está em cada um de nós. Encontrar-se é o desafio. Entender-se sagrado é o caminho. Enxergar além de, é o que falta. Permitir-se acolher o irmão e entender que ele é tão frágil e tão forte como nós é a meta. Que ninguém é melhor do que ninguém. No final das contas somos pó…

Nem sempre intactos. Nem sempre puros…

O importante é buscar, olhar para dentro de si e observar que o mundo é benção, que somos filhos da Graça – temos a divindade dentro de nós…

“Sejamos gratos às pessoas que nos proporcionam felicidade, são elas os adoráveis jardineiros que nos fazem florir a alma.”

São Tomás de Aquino

Artigos

Elohim

Somos fractais, somos Elohim.

Tudo no universo é um som, que gera uma cor e que se converte numa forma geométrica.

O homem liberto está mais além do destino do mundo.

O espírito criador está acima de todas as coisas. Podemos retomar o “cetro”: símbolo do conhecimento superior. E o “Ouro de Ofir”: símbolo da Intuição.

Com o suporte da “Imaginação”: geometrizar. As energias extraídas do ar ou do Éter, que compõe o espaço. E as zonas neutras no interior do corpo, através do equilíbrio: negativo + positivo = neutro.

Que é a essência vital da criação. Soma das polaridades. Zona neutra é um intervalo criador. É o fecundo vácuo quântico.

Temos que treinar a ciência dos intervalos: inspiração/expiração.

Ser um com divindade interior é conhecer a si mesmo.

DEVOÇÃO: é a atividade interior do teu “Deva”, o teu “Eu Essência”, Elohim.

O serviço feito e prestado com AMOR, nos leva a vir a ser, o que aspiramos e respiramos. Respiramos o que aspiramos.