Meditação Contínua

O DNA é um computador quântico, cujas informações podemos acessar meditando. Cada pensamento é uma informação e tem a energia potencial de uma oração.

Toda intenção é uma consciência instalada dentro dela mesma, padrões emocionais, confrontando-se dentro de si.

Alinhar esses processos e alinhar mente e coração, permite você entrar em processo de criação positiva, criar formas coerentes, conexões com a mente superior ou super consciência que está diretamente correlacionada com o coração.

Assim é a meditação: deixar ser o que é, sem resistência, sem interferências, um reflexo holográfico do que você quer viver. Deixar ser e deixar fluir, observando simplesmente as emoções, relaxando e em silêncio, permitindo que a meditação se faça por si mesma.

Através do fluxo de pensamentos, você observa de um lugar silencioso ao fundo, por trás dos diálogos internos, observando o que surge.

Concentração é o caminho da habilidade. O tempo em que faz o que gosta, passa rapidamente, flui, porque não há resistência e esse é um estado meditativo. O dia acaba e você diz, já acabou? Você se sente cheio de energia e nenhum stress.

Quando brigamos com aquilo que fazemos, criamos resistência, tensão, o tempo não passa nunca e perdemos energia, cansamos e o resultado final é stress. Aí você reclama, resiste e nada flui.

Normalmente buscamos lá fora um preenchimento de uma insatisfação, um vazio que é dentro. E isso surge porque mente e coração estão distanciados. A ponte entre eles que se faz com os sete sentidos e está desconectada ou rompida.

Os prazeres externos que são efêmeros, amortecem os sentidos e não conseguimos tocar a riqueza da vida. Podemos aprender a tocar mais harmoniosamente a nossa vida, então nossos sentidos ficam mais afinados e aguçados, quando estamos tranquilos e relaxados.

Num nível mais profundo, acessamos camadas mais e mais profundas de nós mesmos, acessamos informações transcendentes e todos os corpos vão se beneficiar muito disso.

Você abre cada célula do seu corpo e abre o seu coração. Corpo e mente se fundem em uma só energia e a quietude os unifica. As moléculas do seu corpo se abrem como pétalas de flor e tudo fica mais rico, saudável e alegre. Assim você pode meditar trabalhando, dirigindo, andando. Mente, corpo e sentidos em uníssono. O espaço aberto à meditação nos proporciona alegria infinita.

Mesmo com problemas lá fora, preservamos nossa fonte de abundante energia. Nos sentimos e nos tornamos outra pessoa, porque atingimos outros estados de consciência. A gota de água imersa no oceano sabe que é gota e sabe que é oceano. As ondas cerebrais se fazem coerentes, o foco meditativo é puro deleite e fluidez completa, sincrônica e integrada.

Deixe uma resposta