Os Benefícios de Estar Presente

por Serge Kahili King
do texto original “The Benefits of Being Present
Tradução de Cassio Davi Emer

Primeiro, temos de entender o que queremos dizer com “estar presente”. É simplesmente estar engajado física, emocional e mentalmente no que está acontecendo e no que você está fazendo agora. “Agora”, é claro, pode significar este minuto, esta hora, ou o dia de hoje, de acordo com o que está acontecendo, o que você está fazendo e quanto tempo leva para isso acontecer. “Estar presente” pode incluir uma certa quantidade prática de antecipar, lembrar e pensar sobre o que está acontecendo e o que você está fazendo.

A distinção entre “estar presente” e “não estar presente” tem a ver com se você está gastando mais tempo em sua cabeça ou mais tempo em experimentar. Não há nenhuma regra dura e rápida sobre isso, mas uma regra de ouro pode ser que você não está sendo presente quando você perde a consciência do que está acontecendo e do que você está fazendo.

É fácil não estar presente quando você está fazendo coisas rotineiras ou muito familiares que não exigem muita atenção consciente. Eu posso dirigir um carro ao longo de uma rota familiar e andar quilômetros a pensar sobre as coisas com quase nenhuma consciência da condução ou do que me rodeia. Naturalmente, isso significa que as vezes posso ir além de onde eu tenho que ir e acabar onde eu não quero estar. Por outro lado, quando estou fazendo algo que requer consciência e tomada de decisão a todo momento, como o esquiar, é melhor eu ficar fora da minha cabeça e dentro do meu corpo e ambiente tanto quanto possível, ou eu não vou esquiar por muito tempo.

Ao escrever um livro, eu estou presente e não presente cerca de metade do tempo para cada, enquanto penso sobre o assunto ao digitar e faço correções sobre o que digitei. O ponto aqui é que não há nada necessariamente errado em não estar presente o tempo todo, mas estar presente mais vezes tem certas vantagens.

Quanto mais presente estiver, mais consciente você está de si mesmo, de seu entorno e das pessoas nesse ambiente. Este aumento da consciência lhe dá mais feedback que lhe permite tomar melhores decisões e agir de forma mais eficaz. Por exemplo, no ensino é muito útil saber quando o seu público está dormindo, ou partindo, ou se preparando para jogar tomates em você.

Quanto mais presente estiver, mais o seu corpo relaxa. Isto é simplesmente porque muito do nosso estresse vem de lembrar do que você não gosta ou antecipar o que você não gosta. Seu corpo está constantemente no presente, então memórias e expectativas são tratados pelo seu corpo como experiências do momento atual, e quanto mais estressantes são esses pensamentos, mais ele fica tenso. Quando pensamentos desse tipo são reduzidos pela consciência presente, especialmente em um ambiente relativamente pacífico ou seguro, mais o seu corpo se liberta do excesso de tensão.

Quanto mais presente estiver, mais energia você tem, não só por causa do relaxamento, mas porque isso permite que você coloque mais atenção em atividades energizantes. Respiração mais profunda, movimento físico, comer e beber por prazer, não para aliviar o estresse, e acessar diversas fontes de energia ambiental (se você acredita nessas coisas) são algumas possibilidades.

Quanto mais presente estiver, maior conexão você tem com outras pessoas. Pessoas que estão presentes podem dizer quando você não está, não importa o quanto você é bom em fingir. Há uma diferença em como se sente emocionalmente estando próximo a você quando você está presente e quando você não está. Para algumas pessoas, quando você está mais em sua cabeça, parece que você está mais frio e desinteressado, independentemente de você dizer as palavras certas e fazer os movimentos certos. Estar presente quando você está com as pessoas é um fator importante para estabelecer e manter bons relacionamentos.

Quanto mais presente estiver, mais confiante você é e mais fácil é de lembrar e usar suas habilidades e talentos. Você também é capaz de alterar as regras de vida que não estão funcionando para você, dar boas indicações para o seu corpo, recordar boas lembranças, mudar os efeitos das lembranças ruins, e fazer melhores planos para o futuro.

Quanto mais presente estiver, mais eficaz você é em qualquer coisa que queira fazer, envolvendo trabalho, diversão, e cura. Na verdade, de acordo com alguns dos meus experimentos, também ajuda você a ter mais sorte.

A maneira mais fácil de estar mais no momento presente é olhar para as coisas ao seu redor, ouvir os sons ao seu redor, e tocar objetos que estão ao seu redor. Outra maneira é observar e apreciar as coisas em seu ambiente imediato que são boas, úteis, valiosas, ou apenas de boa aparência. Você pode apreciar com ambos palavras e sentimentos.

Existe uma extensão de estar presente que pode ser chamada de “estar inteiramente presente”. Esta é na verdade uma técnica para reduzir a vibração e estresse da mente ao mínimo e para enriquecer a sua vida de muitas maneiras. Algumas pessoas acham que devemos nos esforçar para estar assim o tempo todo, mas eu não concordo com deveres e não vou desistir de minhas aventuras de fantasia. No entanto, uma vez que pode ser uma grande forma de mudar e potencializar a vida, vou dar algumas maneiras de praticá-la.

Você terá dominado essa técnica quando puder fazê-la praticamente sem qualquer pensamento, não suprimindo os pensamentos, mas aumentando a consciência.
1. Esteja ciente da beleza em seu ambiente. Isso é mais fácil de fazer e talvez mais eficaz quando você inclui um foco no movimento, como os efeitos do vento, os padrões das ondas, ou animais e aves em movimento.
2. Esteja ciente das cores em seu ambiente, movendo fácil e gradualmente de uma cor para outra, sem ter que nomear as cores em sua cabeça.
3. Esteja ciente dos padrões em seu ambiente, tanto na natureza quanto em objetos feitos pelo homem, novamente movendo fácil e gradualmente de um para outro.
4. Esteja ciente das sensações do seu corpo, incluindo sua respiração, bem como a posição, movimento e sensação de diversas partes.

Sinta-se livre para mudar sua respiração e posição, ou modificar seus movimentos quando sentir que é correto fazê-lo. Você pode fazer isso caminhando, parado de pé, sentado ou deitado.

Para algo mais avançado, pratique sentir a energia, a sua própria, a de outras pessoas e das coisas ao seu redor. Uma variação interessante é fazer a prática de estender sua energia para sentir a textura e forma de objetos a uma distância, como árvores, rochas e edifícios.

Para um desafio extremo, tente olhar para os sinais sem lê-los. Isso é muito mais difícil do que parece (a menos que você não saiba ler).

E quando você se cansar de fazer quaisquer dessas coisas, fique à vontade para voltar aos pensamentos e sentimentos comuns, lembrando dos benefícios de estar mais presente quando lhe parecer útil.

Existe até um provérbio havaiano sobre os benefícios de estar presente:

E pane’e ka wa’a oi moe ka ‘ale
“Coloque as canoas em movimento quando as ondas estiverem calmas.”