Céu e inferno de cada um

Cada indivíduo carrega seu próprio céu e inferno.
Porque esses são apenas o resultado do seu estado mental e emocional, que cada um criou em consequência de suas atitudes.
Não há nenhuma outra causa para isso.
A grande Luz, Eu superior, pode envolver a consciência humana novamente, expressa pelo AMOR, pois que a miséria, a cegueira, a ignorância, apenas existem por falta de AMOR.
A média dos pensamentos e sentimentos das pessoas, não é mais que um montão de quadros caóticos e sugestões negativas, que elas aceitaram do mundo que as cerca.
E continuam repetindo e alimentando com sua própria energia, por intermédio da “atenção”.
ORDEM, é a primeira lei celeste.
AMOR, HARMONIA e PAZ, o poder coesivo do universo.
Todas elas provêm de uma fonte única, a presença Divina do universo.
Substância sem limite e poder invencível estão sempre junto de nós, temos apenas que ajustar a frequência vibratória dos átomos, por esse poder divino, a fim de produzir o que desejamos.
E ninguém pode dizer o que deve acontecer dentro da própria experiência e do nosso mundo, senão nós mesmos.
A energia da vida flui constantemente, “luz ilimitada”, ela produz e produzirá tudo, desde que mantenhamos a personalidade harmônica.

Para trabalhar o “quadro mental”:
Fixar a tenção consciente no quadro mental ou imagem visualizada.
Criar o foco para concentrar e condensar a luz eletrônica no éter que enche o espaço por toda parte (Mana).
Nosso sentimento, unido ao quadro mental, produz uma atividade construtora, uma atração magnética, sobre a pura substância eletrônica, mana, prana, ki.
Ao lado desse sentimento deve entrar também, uma certa compreensão de como elevar ou baixar a frequência vibratória da aura, que vai determinar a capacidade e a substância do que é criado.
O campo de força da aura é que determina e transfere a substância da forma invisível, para visível.
Ao efetuar a visualização, a visão e o sentimento, devem ser mantidos firmes, até que o recipiente (molde), que é o quadro mental, seja preenchido, pela substância luminosa viva, do fogo de vida universal.
O elétron é puro, inteligente e tem em si, a essência luz de que tudo é criado.
A onda de fogo do elétron, segue o pensamento criativo do indivíduo.
Há somente um poder que pode mover a criação, que é a luz eletrônica que a sustenta.
O sol é o polo eletrônico, a terra é o polo magnético. A camada de éter é o elemento através do qual as correntes são diferenciadas.

Ideias extraídas do livro Mágica Presença.